Home > Salões > Salões 2 > Salões

Salão Brasil

1966

Terrorismo no Aeroporto dos Guararapes

Na manhã de 25 de julho de 1966, o candidato à presidência da República, Marechal Costa e Silva, era esperado por cerca de 300 pessoas no Aeroporto dos Guararapes, Recife, PE. Por alteração na programação, muitos já haviam se retirado.

A explosão matou dois e feriu quatorze.

 

Guarda-civil Sebastião Thomaz de Aquino, o “Paraíba”.

 

 

 

 

 

Ten. Cel. Syvio Ferreira da Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Corpo do jornalista Edson Regis de Carvalho 

 

 

 

 

 

 

Ficaram feridos: Haroldo Collares da Cunha Barreto, Antônio Pedro Morais da Cunha, Fernando Ferreira Raposo, Ivancir de Castro, José Oliveira Silvestre, Amaro Duarte Dias, Anita Ferreira de Carvalho, Idalina Maia, José Severino Barreto, Eunice Gomes de Barros e seu filho Roberto Gomes de Barros de 6 anos de idade.

Veja o vídeo.

 

 

 

Publicações Sugeridas

  • Assassinato de Bernardino Pinto de Almeida
    Leia mais +
  • TERRORISMO NO AEROPORTO DOS GUARARAPES - RECIFE, PE
    Leia mais +
  • Assassinato do soldado Mario Kozel Filho - 26/06/1968
    Leia mais +
  • Assassinato de Octávio Moreira Júnior - outras vítimas em 1973
    Leia mais +